top of page
  • Foto do escritorBia Marson

TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA O SEU PROJETO!

GUIA PRÁTICO COM DICAS PARA VOCÊ QUE PRECISA COMEÇAR A PENSAR EM TUDO PRO SEU NOVO ESPAÇO!


Dicas para sua obra, reforma e decoração por aí não faltam, né?

Mas se você está aqui é por que deve estar ficando maluco(a) com tanta informação, opção, ideia e dica diferente. Por isso eu resolvi trazer de forma mais prática possível o processo realmente completo que você vai passar agora.

Vamos as etapas que você deve seguir, para ter um processo tranquilo:



ESCOLHENDO SEU PROFISSIONAL


Primeiro de tudo, você precisa de ajuda profissional, e você já sabe que é essencial contratar, certo? Você conta com ajuda profissional em todos os âmbitos da vida, não é agora neste momento tão significativo e duradouro que você vai resolver tudo sozinho.


E além disso, você precisa de um arquiteto(a) que você realmente confie. Você deve sentir segurança e confiar no processo e etapas, ou no cronograma que este profissional utiliza. Muito mais do que receber propostas de orçamento para seu projeto/obra, você deve pesquisar mais a fundo sobre o arquiteto(a).


1. Faça uma reunião presencial, sinta se o profissional está na mesma sintonia que você. Nesse momento vale soltar todas as suas expectativas e sentir se a retórica é recíproca.


2. Veja o estilo dos projetos deste profissional, se te agradam e se você gosta das características mais recorrentes deles (aqui observe tudo: desde as cores, tons de madeira até o estilo de iluminação).


3. Observe também a linguagem do profissional, se você se sente a vontade em conversar. Se você prefere ter uma relação mais formal ou uma relação mais pessoal, você vai sentir isso na primeira conversa.


É importante que vocês se entendam bem e estejam alinhados nas expectativas, pois é um momento muito especial (como você já sabe), com um processo um pouco longo e que trará resultados duradouros.




DEFININDO SUAS PRIORIDADES


No segundo passo já começamos a falar da criação do seu espaço.

Você precisa antes de tomar qualquer decisão, definir e ter sempre muito claro na cabeça (ou no papel, para os esquecidos como eu) o objetivo do resultado final do seu projeto.


Com objetivo eu quero dizer a sua intenção. Você deve perguntar-se o seguinte;


1. Você resolveu procurar ajuda profissional por qual motivo? para que tenha maior aproveitamento do espaço? ou por que você sabe o que quer mas não tem conhecimento técnico para tal? ou ainda, por que você quer que o seu espaço fique impressionante?


2. Quando estiver utilizando o local, você quer ter mais praticidade possível? ou vai ter tempo para se dedicar ao cuidado dele?


3. Você se preocupa com a impressão que o seu espaço irá causar nas pessoas? A opinião dos outros com seu espaço tem qual nível de importância para você?


As respostas dessas perguntas, irão te direcionar para o real objetivo final. Crie um pequeno texto, ou uma frase com as suas respostas, e mentalize! Este será um apoio muito importante para você na tomada de decisões durante todo o processo.




ORÇAMENTO


Esse item, é meio óbvio, né?. Mas eu preciso reforçar, por que cada vez mais eu vejo profissionais e cliente frustrados em não conseguir executar um projeto dos sonhos.


Então sem muito analisar, defina o valor que está disposto a gastar! Pelo menos um valor que você considera o limite.


Se você não tem um valor certo, fechado, ou quer ter ideia primeiro dos custos de uma reforma para então tomar a decisão, eu te aconselho a então definir o seguinte:


Qual o grau de prioridade esta reforma tem em sua vida, neste momento?

Com isso o seu profissional parceiro irá conseguir te orientar a tomar decisões mais próximas da sua intenção de gastos e dentro do seu objetivo (veja com as respostas das perguntas anteriores estão relacionadas).




O SONHO DA CASA PRÓPRIA


Momento coach com frase de efeito: você pode conquistar o que quiser! Mas o que isso tem a ver com meu espaço? (que pode ser alugado também, tá? aqui o foco é no sonho!)


Bom, a gente nasce, brinca, cresce, estuda, trabalha e as vezes até permanece em espaços que não foram exatamente pensados para nós, né? (realidade que nós arquitetos vamos mudar ainda, creiamos!), então se você tomou a decisão de ter um espaço só seu (ou seu e de quem você escolheu pra viver) é por que está na hora de ter, o que de fato é importante e correto para você! Certo?


Por isso, este é o momento que você deve considerar tudo que você realmente gosta, tudo que admira, todos os seus hábitos (e os que ainda quer ter) e tudo que um dia quis ter.

Tem que pensar em tudo que não quer ter também, claro!


Eu costumo perguntar para os meus clientes, o que mais incomoda eles nos locais em que convivem hoje em dia. E quais as coisas que mais gosta ou os locais preferidos para estar.

Por que não considerar algum item que te agrada tanto em um restaurante por exemplo, em sua casa? A sensação boa passará a ser parte do seu dia-a-dia, imagina que incrível?


Faça mais um lista, e peça ao seu arquiteto(a) checar a possiblidade de encaixar no seu espaço, ou de eliminar de vez da sua futura nova vida! Ele(a) com certeza vai te ajudar a pelo menos captar a ideia disso e replicar no seu projeto.


Com essas dicas, todas as suas escolhas ficarão mais fáceis. Esse é o passo essencial que você deve cumprir e começar, tenho certeza que o resto vai fluir!


Claro que ainda tem bastante coisa para decidir e para te ajudar em tudo isso, vou postar uma sequência de artigos sobre cada etapa e dicas como essa para te auxiliar, o que você acha!? Vamos juntos?


Beijos e até breve!



Arqta. Bia Marson













Posts recentes

Ver tudo

1 Comment


Rafael Khalil Coltro
Rafael Khalil Coltro
May 18, 2021

Show

Like
bottom of page